To top
31 out

Vintage lover

vintage-trousers-karynmattos-blog13

Fazia tempo que não rolava um look do dia por aqui né?! Esse é literalmente mais velhinho que eu, mas é muuuito especial. Amo uma boa mistura seja de décadas ou lugares e quase que um bom brechó me deixa mais feliz que entrar na loja da Prada e olhar as roupas do avesso. O brechó me deixa quase mais feliz porque a chance de eu sair de lá com uma sacola é infinitas vezes maior do que da Prada (haha) mas… a admiração é a mesma, de jeitos diferentes.

vintage-trousers-karyn-mattos-blog1

O mais legal desse look é que eu ganhei as duas peças principais. O mantô (esse casaqueto leve por cima) era da minha Oma (aqui no Sul, Oma é como a cultura alemã chama a vó) e a calça, da mãe da minha amiga. Ambas usaram quase a mesma frase ao me darem as peças: “Karyn, você gosta de umas coisas diferentes né?! Talvez você inventa algo com isso e se te couber, pode ficar!”.

vintage-trousers-karyn-mattos-blog4

vintage-trousers-karyn-mattos-blog3

E eu sou doida de não inventar algo com essas peças lindas, cheias de costuras, acabamentos e tecidos que não se fazem mais hoje em dia?! Eu não! A calça é de linho, modelagem pantalona com cintura lá em cima, do jeito que mais gosto e o mantô é de jacquard (que é quando o desenho do tecido é feito na trama e não estampado) e tem pregas nas mangas, bem especiais. A Oma usava com o vestido do mesmo tecido. Eu, coloco com jeans ou com essa calça e fica tudo certo.

vintage-trousers-karyn-mattos-blog11

Pose se achani! E antes, abobadices porque todo mundo merece um pouco disso né?!

Falando em Prada, olha o óculos inspirado em Cadillac dando sopa pra completar o “visu” vintage. 😉

vintage-trousers-karyn-mattos-blog10

Um pouquinho de história: as calças assim amplas e de cintura alta começaram a ser usadas pelas mulheres principalmente no período entre-guerras, quando começaram a trabalhar, já que seus maridos estavam na guerra ou, infelizmente não voltaram dela.  A partir da década de 1930, mais especificamente. Mulheres visionárias e vanguardistas como Coco Chanel (super precursora do guarda-roupa masculino no feminino), Marlene Dietrich e Ginger Rogers adotaram looks lindos pra essa peça que é ultra confortável e pode ser também muito sexy. Um dos ícones que mais gosto é Bianca Jagger e seu terno branco, lá na década de 1970, na época do Studio 54.

1f0768737de803d836aa215fb5b28798 (1)

afa46f170b72e31aa6bfe11a8d9110ac

6b9b641ad7acf7c7c2518bc03e55f7d4

1930s-pants-sears-1937-450x335

Catálogo da Sears de 1930

 

Todas as imagens históricas deste post: via Pinterest

Sapatilhas: Repetto (vintage só no nome, porque foram as primeiras ballerinas do mundo – e são as melhores na minha opinião, porquê pegam o formato do seu pé e tem uma qualidade EXCEPCIONAL! Valem cada centavo).

Bolsa Chanel também vintage, de brechó alemãozinho

Fotos: pela minha sis Camila Mattos! Thks mana! Amei!

 

Desejo uma nova semana cheia de coisas lindas, novas e looks inspiradores!!!

Beijos,

Karyn

 

 

 

karynmattos
No Comments

Sorry, the comment form is closed at this time.

})(jQuery)